PSL ‘pede a cabeça’ de Contar

Deputado mais votado da Assembleia Legislativa quer sair do partido

A tentativa do deputado estadual Renan Barbosa Contar, o Capitão Contar, de se desfiliar do PSL pode custar-lhe o mandato. A direção nacional do partido reagiu às suas acusações e pretensão na defesa encaminhada ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) para contrapor as justificativas do parlamentar como causa para deixar a legenda. 

Assim, pede que isso seja julgado “integralmente improcedente, declarando-se a inexistência de justa causa que autorize a desfiliação do requerente sem a perda do direito ao exercício do mandato conferido ao partido político (…)” e que seja decretada “a perda dos direitos de o requerente exercer o mandato conferido ao partido nas eleições de 2018, com a consequente assunção do suplente”.

O parlamentar, que exerce o seu primeiro mandato, está aprendendo que no jogo político ser o campeão de votos – obteve 78.390 nas urnas – não significa ter o passaporte carimbado para outros voos sem enfrentar empecilhos.

Assim, de pretenso pré-candidato a prefeito de Campo Grande, viu-se diante de um labirinto interno criado pela atual direção da sigla, a mesma que usou por duas vezes semelhante modus operandi para tentar ganhar no tapetão o mandato do deputado estadual Coronel David – cuja desfiliação foi referendada pela Justiça – e tirar a primeira suplência do Senado do ex-presidente da sigla, Rodolfo Nogueira Oliveira. Nos dois casos, os dirigentes não tiveram sucesso.

Capitão Contar, que já presidiu o PSL, saiu atirando contra a legenda ao pedir a desfiliação. 

A direção nacional, no documento enviado ao TRE-MS, cita uma das acusações do parlamentar que aponta “(…) práticas obscuras na gestão administrativa e financeira do PSL, totalmente contrárias às diretrizes partidárias e às propostas apresentadas no pleito eleitoral de 2018, inclusive no tocante à forma unilateral com a qual vem sendo gerido o partido, que não se coadunam com os compromissos e o ideário que foram abraçados pelo ora requerente quando de sua filiação e candidatura, resulta impossível a sua permanência no quadro da agremiação”.

Siga-nos no Twitter

Este é o Painel DN

O Painel DN é um veículo jornalístico conservador, com a missão de levar ao leitor notícias diárias, análises e comentários sobre os fatos mais relevantes relacionados a assuntos políticos, econômicos, internacionais, sociais e culturais. O jornalismo do Painel DN entende que a transmissão e relato fidedigno dos fatos constituí a missão mais importante da atividade jornalística, já que a opinião pública em qualquer democracia se forma justamente através das notícias.

Newsletter Gratuita

Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita e receba em primeira mão as notícias mais importantes.

Veja nossas  Políticas de Privacidade

Matérias Relacionadas