Eike Batista cita propina de R$ 20 milhões para Aécio Neves em delação

O empresário Eike Batista afirmou ter pago R$ 20 milhões de propina ao deputado federal Aécio Neves (PSDB). A afirmação consta em um dos anexos que integram o acordo de delação de Eike com a Procuradoria-Geral da República (PGR). As informações são da colunista Bela Megale, do jornal O Globo.

Segundo o empresário, Aécio teria favorecido as empresas do grupo de Eike junto ao poder público, em especial no estado de Minas Gerais. Entre os benefícios, o empresário apontou as concessão de licenças ambientais.

Eike disse ainda que o montante foi repassado a um amigo de Aécio a pedido do próprio tucano. O acordo entre Eike e a PGR ainda não está fechado.

Em nota, Aécio informou ao O Globo que a “acusação é falsa e absurda” e que “jamais intercedeu em favor de qualquer interesse do Sr. Eike Batista”.

“É lamentável que acusações levianas, como essa, sejam aceitas por autoridades sem a menor comprovação, exclusivamente para atender interesse de um réu confesso de inúmeros crimes e que, agora, busca obter benefícios através de falsas imputações que jamais serão comprovadas exatamente por serem falsas”, diz a nota.

De acordo com o jornal, a assessoria do deputado afirmou que em 2010 “Aécio Neves não era mais governador de Minas”. Em abril daquele ano, o tucano deixou o governo de Minas para disputar o Senado.

Siga-nos no Twitter

Este é o Painel DN

O Painel DN é um veículo jornalístico conservador, com a missão de levar ao leitor notícias diárias, análises e comentários sobre os fatos mais relevantes relacionados a assuntos políticos, econômicos, internacionais, sociais e culturais. O jornalismo do Painel DN entende que a transmissão e relato fidedigno dos fatos constituí a missão mais importante da atividade jornalística, já que a opinião pública em qualquer democracia se forma justamente através das notícias.

Newsletter Gratuita

Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita e receba em primeira mão as notícias mais importantes.

Veja nossas  Políticas de Privacidade

Matérias Relacionadas