Ivan Pereira contra a velha política em Uberlândia

Em entrevista, empresário Ivan Pereira, candidato a prefeitura de Uberlândia pelo Podemos, fala sobre seus projetos para mudar os rumos da política do 2 maior município de Minas Gerais.

A política brasileira a nível municipal é um poço de corrupção. Representante máxima da podridão que reina no establishment brasileiro, o mínimo do poder Executivo em nossa República mostra o trabalho gigantesco da nova política em semear a honestidade e a confiança do povo em novos tempos.

O presidente Jair Bolsonaro foi eleito com essa perspectiva. E enfrenta o ódio e o obstrucionismo daqueles que desejam um retorno ao estado de coisas imperante na Nova República. Sua luta é árdua e seu desafio em executar suas funções com o objetivo de atender as demandas do povo que o elegeu é deveras enorme.

A cidade de Uberlândia (MG) foi pauta nacional com a prisão de 20 dos seus 27 vereadores, além da renúncia de outros dois. É contra a corrupção desenfreada e em nome da pauta conservadora do presidente Bolsonaro que o empresário Ivan Pereira busca mudar os rumos da segunda maior cidade de Minas Gerais. Ele conversou sobre seus planos, o momento político nacional e como a guerra cultural influencia na disputa política diária.

Por que o senhor apoia o presidente Jair Bolsonaro?

IP: Eu acho importante o apoio a Bolsonaro por tudo que ele representou em tirar a gente daquela ditadura da esquerda que estávamos vivendo. Esse trabalho de trazer o Brasil de volta para a família, para o desenvolvimento, terminar essa corrupção hedionda que estava acabando com o nosso país são coisas que mais têm valor e importância para mim e são motivos pelos quais eu apoiei e apoio o nosso presidente Bolsonaro.

Você é um aspirante à política e tem no presidente Bolsonaro uma referência. Como conciliar as bandeiras da ética e da moral com o jogo político muitas vezes pouco transparente?

IP: Hoje nós estamos assistindo como essa falta de transparência do Congresso e da Câmara liderados por Rodrigo Maia atrapalham a política. Eu acho que isso tem que ficar para trás. Vou dar um exemplo que é o senador Álvaro Dias, que comanda uma bancada de 12 senadores que fazem parte do PODEMOS, como ele é um homem íntegro, honesto e com passado limpo. Nem tudo o que vem de trás da política está contaminado por essa falta de transparência, nós temos pessoas boas. O que precisamos é que os eleitores deem força para essas pessoas, que os eleitores olhem o passado dessas pessoas antes de dar o seu voto, porque é muito complicado governar com a qualidade da maioria dos deputados que temos. Então é muito importante essa transparência, pois o eleitor está muito mais consciente e votará com a razão e já deixou de fora muita porcaria, ainda que precise varrer mais um pouco.

No caso da sua cidade (Uberlândia), 20 dos 27 vereadores foram presos por corrupção. O senhor acredita que pode levar a nova política para um ambiente como esse?

IP: Principalmente num ambiente com esse é que a gente precisa trazer a nova política, pois a velha está morta e enterrada em nossa cidade. O mau exemplo desses vereadores foi uma coisa terrível: eles representam a velha política, tudo o que o Centrão fez a vida inteira, esse toma lá da cá. Eles representam o que foi Aécio (Neves), Rodrigo Maia, Renan Calheiros, tudo o que há de mais pernicioso à democracia e de mais detestável na corrupção. Isso tem que ser banido da história política de Uberlândia. E não só nos vereadores. Se você pegar o problema no DMAE, junto com a construtora que teve seu dono preso, se você pegar o que aconteceu na Secretaria de Planejamento aonde o vice está envolvido nesse problema, a coisa é mais profunda. Eu acho que tudo isso tem que acabar e temos que trazer a nova política em Uberlândia.

Nacionalmente, como o senhor vê a postura claramente difamatória da grande mídia em relação ao presidente?

IP: Ele tentando moralizar todas as relações, inclusive com a imprensa, e infelizmente essa mídia marrom que foi mantida com verba pública batendo nele o tempo inteiro. Felizmente ela vai acabar, e veículos tão competentes como o seu (Conexão Política) trazendo a verdade vão surgir. Eu acho muito importante o trabalho que vocês vêm desenvolvendo.

Qual a principal dificuldade para a sua entrada na vida pública em Uberlândia?

IP: Romper essa barreira montada da velha política. Você vai buscar o seu espaço e eles tentam tomar teu partido e teus pré-candidatos a vereador. Isso é realmente terrível, e eles vêm com todo o poderio econômico de dinheiro obtido sabe-se lá como para fazer esse trabalho sujo. Então essa é a maior dificuldade. Antes da campanha de Bolsonaro, as campanhas eram muitos caras, bancada por empreiteiras, e ele mostrou o caminho com simplicidade, fazendo uma política sem muito dinheiro e com independência, e isso eu acho muito importante.

Por fim, temos alguns setores liberais e que até ontem se diziam conservadores fritando o governo Bolsonaro. Como enfrentar o inimigo na esquerda e lidar com as narrativas falsas criadas por setores da própria direita?

IP: O inimigo tem que se exposto da forma como Bolsonaro faz: expor o que eles são e quais são os interesses deles. Eles são organizados internacionalmente. Veja a ONU e como eles fazem. Trabalham no quanto pior, melhor. Quanto a setores da direita que discordam do Bolsonaro, acredito que são pessoas que não estão tendo seus interesses representados na forma honesta, sincera e direita do presidente de governar.

Siga-nos no Twitter

Este é o Painel DN

O Painel DN é um veículo jornalístico conservador, com a missão de levar ao leitor notícias diárias, análises e comentários sobre os fatos mais relevantes relacionados a assuntos políticos, econômicos, internacionais, sociais e culturais. O jornalismo do Painel DN entende que a transmissão e relato fidedigno dos fatos constituí a missão mais importante da atividade jornalística, já que a opinião pública em qualquer democracia se forma justamente através das notícias.

Newsletter Gratuita

Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita e receba em primeira mão as notícias mais importantes.

Veja nossas  Políticas de Privacidade

Matérias Relacionadas