Denuncia aponta ‘farra’ do dinheiro pública na campanha em Guia Lopes

Segundo denuncia o prefeito tem ‘usado e abusado’ da máquina pública em sua campanha eleitoral.

Segundo denuncia o atual prefeito de Guia Lopes da Laguna/MS – Jair Scapini (PSDB), e seu atual Vice, Ademar de Barros, tentam a todo custo se manter no poder realizando favores a população em troca de votos.

Ficou evidente em vários momentos que ambos estão fazendo uso da máquina pública a seu favor. E a prova está em imagens gravadas dos atos ilegais do prefeito Em um dos exemplos de abuso de poder, foram registradas imagens de uma pá carregadeira e um caminhão caçamba, pertencentes a Administração Municipal e Guia Lopes, fazendo a retirada de aterro das margens da rodovia que corta a cidade, o que caracteriza extração ilegal de lavras, que é um Crime Federal.

Foi constatado pela investigação que parte da terra deste aterro foi levada para um imóvel de propriedade de Fernando Brum, candidato a vereador pela coligação do atual Prefeito Jair Scapini (PSDB). Outra parte foi entregue de terra na Rua Loreto Lopes da Costa. Mas a utilização dos recursos públicos da campanha do atual prefeito não param por ai.

ILEGAL Foto enviada por fonte afirma que casa construída teve fins eleitoreiros.

Foi constatado também a realização de uma mudança, com o caminhão e motorista da prefeitura, da Rua Macias Barbosa, para o centro da cidade ao lado do Banco do Bradesco, ao local onde seria de um de seus supostos eleitores, caracterizando total descaso com quem paga seus impostos em dia. Como se não bastasse isso, ainda foi flagrada pela investigação na sede de seu comitê, no centro de Guia Lopes, a utilização de um veículo da secretaria de obras para transportar material e objetos usados em seu comício, realizado no dia 30/10/2020 (sexta) rua Ramão Maidana.

DENÚNCIAS NÃO PARAM segundo fontes todos os serviços prestados tem sido pagos com dinheiro público do município.

Neste local, o prefeito licitou obras para realizar apenas o estaqueamento da rua mas disse em seu discursos que seria “asfaltamento”. O comício reuniu mais de 120 pessoas, extrapolando o número de participantes permitido pela Lei de regulamentação do COVID 19, desrespeitando os seus próprios decretos municipais. O prefeito ainda fez a retirada dos equipamentos de sinalização, que já foram utilizados de forma irregular no evento anterior, na madrugada do sábado dia 31/10/2020, para não deixar rastos. Mas moradores da cidade flagraram a ilegalidade que também conta com a utilização de funcionários comissionados em sua campanha, conduta vedada pela Lei Federal nº 9.504/97.

DENÚNCIA Segundo fontes as imagens mostram a irresponsabilidade com o dinheiro público.

Siga-nos no Twitter

Este é o Painel DN

O Painel DN é um veículo jornalístico conservador, com a missão de levar ao leitor notícias diárias, análises e comentários sobre os fatos mais relevantes relacionados a assuntos políticos, econômicos, internacionais, sociais e culturais. O jornalismo do Painel DN entende que a transmissão e relato fidedigno dos fatos constituí a missão mais importante da atividade jornalística, já que a opinião pública em qualquer democracia se forma justamente através das notícias.

Newsletter Gratuita

Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita e receba em primeira mão as notícias mais importantes.

Veja nossas  Políticas de Privacidade

Matérias Relacionadas