Conheça a Coronel de BH que quer ingressar na corrida eleitoral de 2020.

Em 236 anos da Polícia Militar de Minas Gerais, foi com a Coronel Cláudia Araújo Romualdo que pela primeira vez que uma mulher assumiu o Comando de Policiamento da Capital (CPC), um dos cargos mais cobiçados da corporação. A coronel de 44 anos, que comandava a 3ª Região Militar, em Vespasiano, na Grande BH, que antes disso, de 2009 a 2011, quando ainda era tenente-coronel, a Claudia foi também comandante do Batalhão da cidade de Vespasiano.

Formada em direito pela UFMG, Cláudia Romualdo é solteira, nasceu em BH e é filha de um coronel e uma professora aposentada. Está na PM há 27 anos e fez parte da terceira turma de mulheres na corporação. Atuou na área operacional do 13º Batalhão da capital, do 23º Batalhão de Divinópolis e no Batalhão de Missões Especiais, hoje Batalhão Rotam. Também trabalhou na área administrativa do Estado-Maior da PM, na Diretoria de Finanças, no Centro de Aperfeiçoamento de Praças, na Ouvidoria da PM e no Centro de Administração Pessoal, em Contagem. Em 2009, foi designada para comandar o 36º BPM de Vespasiano. Em setembro de 2011, foi promovida a coronel e passou a comandar a 3ª Região da PM com sede em Vespasiano.


De 2013 a 2014, Claudia foi a responsável pelo Comando de Policiamento da Capital. Para ela, comandar uma região da PM já uma função revestida de extremos desafios, mas comandar o CPC foi um desafio ainda maior, porque ela se torna responsável por cuidar dos destinos da segurança da capital de Minas. Sob suas ordens existiam 5 mil policiais, que a Coronel teve maestria e responsabilidade de administra-los.

A coronel Cláudia Romualdo é considerada uma oficial  de linha de frente, na gíria policial chamada de “operacional”. No comando da 3ª Região, responsável pelo policiamento de 22 cidades da Grande BH, a coronel esteve à frente de operações consideradas importantes pelo comando da PM. Em setembro, coordenou a equipe que apreendeu cerca de 150 quilos de pasta base de cocaína em Lagoa Santa. Na madrugada de 19 de dezembro, quando cerca de 100 detentos fizeram agentes penitenciários reféns em Pedro Leopoldo, participou da negociação para controlar motim e libertar reféns

Um novo desafio

Após entrar para a reserva, a Coronel Claudia foi convidada para assumir a Secretaria Municipal de Defesa Social da prefeitura de Vespasiano, onde atuou durante dois anos (2017 a 2018), o que levou a Coronel a visar novos desafios. Atualmente, ainda sem partido, Claudia Romualdo estuda a possibilidade de ser uma parlamentar na cidade de Belo Horizonte.

Por sua reconhecida atuação na Polícia Militar, por diversas vezes ela recebeu convites de partidos para disputar cargos eletivos, mas a coronel preferiu aguardar que surgisse uma grande liderança no Brasil.

Admiradora do presidente Jair Bolsonaro, a Claudia tem acompanhado atentamente todos os atos e decisões da presidência com enorme entusiasmo, admitindo, finalmente, entrar para a política com o propósito de reforçar as fileiras do presidente.

Nos próximos meses, a Claudia tomará a decisão de disputar esse ano uma vaga na Câmara Municipal de Belo Horizonte.

Para seu conhecimento, a Claudia participa ainda semanalmente de um programa de debates na Rádio Itatiaia de BH. O “Rádio Vivo”, comandado pelo locutor José Lino, tem uma grande audiência na cidade.

Conheça um pouco mais da Coronel em sua entrevista para o programa Retratos.

Siga-nos no Twitter

Este é o Painel DN

O Painel DN é um veículo jornalístico conservador, com a missão de levar ao leitor notícias diárias, análises e comentários sobre os fatos mais relevantes relacionados a assuntos políticos, econômicos, internacionais, sociais e culturais. O jornalismo do Painel DN entende que a transmissão e relato fidedigno dos fatos constituí a missão mais importante da atividade jornalística, já que a opinião pública em qualquer democracia se forma justamente através das notícias.

Newsletter Gratuita

Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita e receba em primeira mão as notícias mais importantes.

Veja nossas  Políticas de Privacidade

Matérias Relacionadas